My Twitter Feed

February 24, 2018

A Novela “O outro lado do paraíso” presta desserviço a população!

O Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro manifesta indignação e preocupação com a forma como a novela ‘O outo lado do paraíso’ tem tratado a temática sobre atendimento as mulheres vítimas de abuso sexual. As novelas brasileiras tem tradição em apresentar temas que suscitam debates entre seus expectadores; assim, mesmo se tratando de obra de ficção, é recebida por significativa parcela da população como “retrato da realidade”. Nesse contexto, inserir o atendimento por um coach a uma pessoa (personagem) que foi abusada sexualmente, como sugere a produção, é mais que um desserviço, é perigoso!

O ABUSO SEXUAL é um DRAMA SOCIAL. Pessoas com histórias de abuso sexual, com frequência, apresentam sofrimento mental intenso e são população vulnerável a comportamentos suicidas. Desta forma, atendimento qualificado, por profissionais com reconhecida expertise para tal é fundamental. As(os) Psicólogas(os) se inserem nesse escopo, com reconhecida trajetória de formação, estudo e pesquisa sobre o tema, submetidas (os) aos rigores legais, éticos e técnicos.

A nota do Conselho Federal de Psicologia expressa bem os valores, compromisso social e as referências legais que norteiam a profissão.

#psicologiaécompsicologas

“O outro lado do paraíso” presta um desserviço à população brasileira


Deixe um comentário