My Twitter Feed

December 16, 2017

SINDPSI-RJ convida a categoria para Plenária MNLA

SINDPSI-RJ convida as psicólogas e psicólogos a comparecerem a PLENÁRIA DO MOVIMENTO NACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL – MNLA

Vamos fortalecer a Luta Antimanicomial. Segue a chamada feita pelo Movimento.

Diante dos intensos ataques aos direitos e a sua face mais dura que é a violência que estamos vivendo no último período, em relação à garantia de condições de vida da classe trabalhadora e o acesso educação, saúde, trabalho, previdência, realizamos um intenso debate acerca da
necessidade de reorganização e mobilização de usuários, familiares, trabalhadores e estudantes da Luta Antimanicomial. Na busca de fortalecimento dos espaços de militância, sua articulação e o avanço na leitura dos impasses colocados na atualidade, entendemos fundamental que nos
reunamos e possamos construir juntos pensamentos e formas de agir.
Nesse intuito, vimos convidar os Núcleos estaduais e regionais do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial a uma PLENÁRIA DO MOVIMENTO NACIONAL DA LUTA ANTIMANICOMIAL – MNLA, a ser realizada em São Paulo, no dia 04 de novembro das 8:00 às 19:00 hs, no Instituto Sedes Sapientiae. Para isso, reforçamos a importância sobre fazermos uma análise de conjuntura do momento atual, com os demais movimentos sociais, como o movimento de negras e negras, o movimento
feminista, antiproibicionista, movimento nacional de direitos humanos entre outros, e reaproximando os demais militantes da Luta Antimanicomial, organizados em outros coletivos, como o RENILA, para assim fortalecermos nossas ações local e nacionalmente.
Iniciamos o debate sobre a conjuntura, debatendo sobre qual o problema estamos enfrentando: desde a desassistência à excessiva medicalização, ao sucateamento das unidades e das
políticas, ao novo aprisionamento e violência as pessoas relacionadas ao uso de drogas e em sofrimento, ao sofrimento do trabalhador que está ou não no mercado de trabalho e a
precarização da vida, a fragmentação do movimento em suas ações com diversos grupos atuando em separado, e ao imediatismo em que nos vemos. Assim, propomos realizar essa plenária para fortalecer nossas análises, para compreendermos qual o momento político e social estamos vivendo, quais as armadilhas institucionais já caímos, quais as utopias ativas que devemos seguir, e como retomarmos o caminho da Luta Antimanicomial!
Nossa plenária será em São Paulo, pois precisamos de uma articulação rápida, para assim somarmos forças. Propomos aos núcleos estaduais e regionais que realizem pré-encontros, nos quais possam convocar debates ampliados sobre leituras das realidades locais na relação com a conjuntura nacional. Nesta plenária, organizem suas caravanas e tirem representantes para
estarem em São Paulo em novembro sendo um te cada categoria que militamos (usuário, familiar, trabalhador, estudante e outro). Vamos fortalecer nossa organização.
Sabemos da importância desse momento de nos encontrarmos e fortalecermos essa reflexão, e queremos apontar os limites da Reforma Psiquiátrica para avançarmos, e não retrocedermos,
local e nacionalmente. Sabemos que o medo tem sido a forma de nos impedir de seguir lutando, mas também sabemos que precisamos nos somar aos outros movimentos sociais que lutam contra a exploração e todas as formas de opressão. Sabemos que a formação política é peça chave nesse momento de chegada de novos militantes, e que somente com organização poderemos garantir nossa autonomia e retomarmos o caminho da Luta contra toda e qualquer forma de Manicômio.
Seguimos e juntos seremos mais fortes:

“Nenhuma Passo Atrás, Manicômio Nunca Mais!”


Deixe um comentário